Solatube®: Mais Luz, Menos Energia
22/04/2016
vantagens argamassa projetada
As 8 vantagens principais da argamassa projetada
27/04/2016
Mostrar tudo

Solidificação do sistema Steel Framing no Uruguai

Solidificação do sistema Steel Framing no Uruguai

Solidificação do sistema Steel Framing no Uruguai

Especialistas em Steel Framing, do Instituto de Construção a Seco do Uruguai – IUCOSE – falam no 2º Congresso de Steel Frame. O Uruguai é um dos países que conseguiu que o ensino do sistema construtivo chagasse às Universidades do país, que vai muito bem com o desenvolvimento e aceitação do LSF

O Brasil vai sediar o 2º Congresso Latino-Americano de Light Steel Frame, nos dias 11 e 12 de maio, no Maksoud Plaza Hotel em São Paulo. O LSF avança em diversos países e tem se mostrado como uma das melhores alternativas para a construção civil atual por se alinhar às necessidades deste século: prazos curtos, eficiência produtiva, redução de impacto ambiental, mão de obra qualificada e economia.
Popular em países latinos e nos EUA, o LSF usa perfis de aço galvanizado e placas cimentícias nas edificações. Este tipo de construção civil chega a economizar até 80% de água, quando comparado à alvenaria, além da economia de tempo na execução, de ter projetos precisos, sem possibilidade de arranjos durante a obra e muito conforto térmico e acústico, graças aos produtos desenvolvidos com alta tecnologia pelas indústrias deste setor.
O objetivo do Congresso é trazer ao segmento da construção civil um panorama do desenvolvimento deste sistema construtivo no Brasil e na América Latina. Representantes do Governo Federal, dos Conselhos de Arquitetura e Engenharia, do sistema financeiro, de institutos e construção a seco de países vizinhos e as mais importantes indústrias deste setor estarão presentes para discutir e apresentar cases de sucesso no mundo.
“O caminho percorrido pelo IUCOSE para obtenção do DAT do Steel Framing no Uruguai “será o tema da apresentação do arquiteto, Gabriel José Boccarato Scavone, um dos sócios fundadores do IUCOSE, que integra a Comissão de Manuais de Normas Técnicas deste instituto, bem como da Comissão de Capacitação e foi o técnico encarregado da obtenção do DAT do sistema Steel Framing naquele país.
Outro integrante do Instituto comandará a apresentação, que tem como tema “Steel Framing, um sistema que democratiza o acesso a moradia – experiência de autoconstrução no Uruguai” é Liber Jesús Trindade Racedo, assessor executivo do IUCOSE . Liber Trindade é construtor, fundador da empresa Casa Aberta , dedica-se exclusivamente ao LSF desde 2012 . Ele fundou também a Cecatec (Centro de Treinamento Técnico), o primeiro no Uruguai dedicado a treinar instaladores de sistema de construção steel framing, com uma metodologia de prática pelos alunos em sala de aula, oficina escala, com todas as ferramentas e materiais necessários para o aprendizado focado no trabalho.
Ambos se dedicam a promover o sistema construtivo Light Steel Framing no Uruguai, cujo desenvolvimento e popularidade do sistema vão muito bem. Há registros de obras públicas com décadas de funcionamento e o interesse pelo sistema aumenta a cada dia entre profissionais do setor e estudantes.
Após a construção das primeiras casas em 1985, o sistema ganharia força: “quando o Steel Fra-me tinha um desenvolvimento limitado, começamos a trabalhar na arquitetura em Drywall, no Hospital de Clínicas, que é propriedade do Estado. Foi uma das primeiras obras públicas que utilizou o Drywall e foi emblemática, o Centro de Queimaduras, numa época em que não havia mão de obra capacitada. Essa capacitação veio com a ação do Ministério do Trabalho, o que viabilizou outras edificações como o Centro de Diálise, relatou o presidente do Instituto, Santiago Horjales, durante sua fala no congresso passado. Ele relatou ainda que só em 1990 os perfis começaram a ser fabricados no Uruguai, com máquinas adequadas e em 1995 surgiram empresas distribuidoras do Uruguai. Esse desenvolvimento exigiu a abertura dos primeiros cursos de capacitação profissional, uma atividade acadêmica da Faculdade de Arquitetura. Embora extracurricular, estimulou os professores, que passaram a falar de outros sistemas de construção, como forma de abrir a mentalidade dos alunos. Graças a isso, hoje esse ensinamento faz parte do currículo, disse o presidente do Iucose.
Em 2000 surgiram os primeiros empreendimentos com o Steel Framing em bairros de condomínios, geralmente ocupados por funcionários de empresas internacionais, executivos que chegavam ao Uruguai, vindos do exterior. Mas só há três anos o Instituto Uruguaio de Construção a Seco começou a operar. Como participam fabricantes, distribuidores dos produtos e os instaladores, há uma mescla de pessoas que sugere interação. O Instituto não tem fins lucrativos, apenas promove normas, medidas técnicas e procedimentos e assessora repartições públicas. A intenção é universalizar o sistema com a uniformidade das especificações técnicas. “Temos inclusive uma comissão de documentos técnicos e dados necessários para construir para o Ministério da Habitação”, disse o presidente do IUCOSE.
O Iucose tem ainda uma comissão de manuais, um trabalho da comissão de difusão através de sites, redes sociais, reuniões de capacitação com institutos educacionais e organização de encontros e conferências. E a Comissão de Capacitação, que propõe programas de estudo em âmbito acadêmico. “Assim fizemos convênio com a universidade do Uruguai para a realização de um curso de construção seca e sustentável, o que teve uma grande repercussão e chegou ao setor privado com a formação de câmaras empresariais. Há muitos pedidos de artigos sobre o assunto para publicação em revistas e isso é muito importante, porque o setor imobiliário precisa conhecer as virtudes desse sistema”.
O crescimento do sistema LSF no Uruguai pode ser medido pela evolução das vendas de placas de gesso acartonado, por metro quadrado: de 0.09 a 1.06 em 2014. Para Horjales, o trabalho sério e dedicado dos profissionais da área tem garantido essa evolução: “temos que cumprir todas as especificações, principalmente em habitações sociais ou populares. Obras sem patologias arquitetônicas e geram saúde e esta é uma das grandes vantagens do sistema: proteção ao usuário, assegurando a habitabilidade”.

 

Banner Portal Gestor de Obras - 600x180px parte3

Redação Gestor de Obras
Redação Gestor de Obras
O grupo GESTOR DE OBRAS CONSTRUON LTDA, empresa de tecnologia especializada em soluções diversas para o mercado da construção civil, dentre elas ferramentas para a produtividade e o desempenho de engenheiros, arquitetos e gerentes de projetos no setor da construção civil. GESTOR DE OBRAS 360 Com quase uma década de experiência e mais de 115 mil usuários alcançados, o Gestor de Obras 360 oferece acesso a dezenas de planilhas especializadas em gestão de projetos e obras, além de materiais detalhados e tutoriais sobre como utilizar as melhores ferramentas do mercado, como Google Workspace, Trello, Notion, joinsecret e muitas outras. PLANILHAS PREMIUM +VIP Tenha acesso a todas as planilhas exclusivas do Portal Gestor de Obras. É um pacote com mais de 10 planilhas que você poderá baixar e ter tudo salvo em seu computador e usar sempre que quiser.