Em tempos de crise, conquiste novos clientes através do Marketing Digital
13/11/2015
Custo da construção acumula alta de 6,03% em 12 meses
19/11/2015
Mostrar tudo

No Brasil: Inaugurada a primeira fábrica nacional de paineis fotovoltaicos

Expectativas aumentam de uso da fonte energética no país

A Globo Brasil, primeira fábrica brasileira de painéis fotovoltaicos, foi inaugurada em Valinhos (SP) no fim de agosto, coincidindo com o segundo leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica voltado exclusivamente para o setor. Com capacidade para produzir mais de 180 MW/ano, a empresa está instalada em 11,6 mil m² de área construída e, assim que estiver operando com sua capacidade total, chegará a 200 postos de trabalho diretos. A produção é destinada a integradores, instalações residenciais e grandes usinas, mas está capacitada para produzir painéis solares de 100 a 400 Wp (Watt-pico), que podem ser utilizados na iluminação pública.

A indústria foi montada em cerca de um ano, e foi beneficiada com a redução de 14% para 2% na tarifa de importação, negociada com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Contou, também, com isenção tributária articulada pela InvesteSP – Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade. Segundo Coelho, a empresa mapeou o potencial do mercado brasileiro e identificou que há interesse pela energia solar em todos os segmentos, desde residências a grandes indústrias.

Neste momento, estão sendo finalizadas as negociações para fornecimento de painéis solares às usinas do primeiro leilão de fotovoltaica, ocorrido em outubro de 2014. No leilão, o governo federal adquiriu 1048 MW de energia solar que vão reforçar o sistema elétrico do país a partir de 2017 – aquisição em volume similar se repetiu no Leilão de Energia de Reserva, realizado em 28 de agosto.

Fonte : AECWEB

Comentários

comentários

Luciano Rodrigues
Luciano Rodrigues
Colaborador do Gestor de Obras.