Qualidade na Construção à Seco: PSQ Drywall
17/12/2015
A água e as edificações – um problema resolvido?
21/12/2015
Mostrar tudo

Indústria da construção civil mantém pessimismo para os primeiros meses de 2016

A indústria da construção civil prevê, para os primeiros meses de 2016, queda na atividade, no número de empregados e no de novos empreendimentos e serviços, de acordo com a Sondagem Indústria da Construção divulgada nesta quinta-feira (17) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O indicador de expectativa para os próximos seis meses de nível de atividade ficou em 39 pontos, o de novos empreendimentos e serviços caiu para 36,7 pontos, e o de número de empregados foi de 38,2 pontos, todos abaixo da linha divisória dos 50 pontos , o que indica retração do setor.

Ainda segundo o levantamento, o desempenho das indústrias de construção foi negativo em novembro, com o nível de atividade em 36,3 pontos e o de número de empregados de 35,7 pontos. A utilização da capacidade de operação, por sua vez, foi de 57% no penúltimo mês do ano.

A Sondagem Indústria da Construção foi feita com 564 empresas do setor, sendo 171 pequenas, 259 médias e 134 grandes.

Fonte: APeMEC, 17/12/2015

Comentários

comentários

Thiago Faravallo Florencio
Thiago Faravallo Florencio
Empreendedor, é CEO do Construon e do Portal Gestor de Obras.