Como aplicar uma logística sustentável? - Gestor de Obras - Tudo sobre Construção Civil
5 ideias de negócios lucrativos na construção civil
5 ideias de negócios lucrativos na construção civil
16/04/2022
Mostrar tudo

Como aplicar uma logística sustentável?

A sustentabilidade é um conceito em alta no momento, pela sua tendência e pela sua importância para o planeta. 

Sabemos que nossas ações cotidianas impactam diretamente o meio ambiente, e repensar nossos hábitos para ter mais responsabilidade ambiental tem se tornado indispensável.

Aplicando esse método para as empresas, cada vez mais companhias e negócios têm adotado a logística sustentável.

E começam a sentir os resultados dessa atitude em diversos segmentos no ambiente empresarial. 

Já pensou em aplicar essa nova forma de logística para a sua empresa? 

Não sabe por onde começar ou tem dúvidas sobre o assunto?

A equipe Gestor de Obras preparou um conteúdo especial para informar você sobre o assunto. 

Acompanhe logo abaixo e boa leitura!

O que é logística sustentável

Como tudo o que leva a consciência da sustentabilidade, a logística sustentável atua com ações que são menos agressivas ao meio ambiente.

Para tornar efetivo esse rótulo nas empresas, é necessário um planejamento que engloba a produção dos serviços, o processo de armazenamento e o transporte de mercadorias.

Visando sempre diminuir o impacto ecológico e trazer um ambiente que, além de ser amigo da natureza, também seja confortável para seus colaboradores.

Qual o principal foco da logística sustentável?

O objetivo aqui é ter mais responsabilidade na exploração de recursos naturais e reduzir ao máximo a emissão de poluentes no geral.

Entre os principais pontos que compõem a logística sustentável, os destaques são a diminuição das embalagens para os produtos comercializados e a emissão de poluentes que estão presentes nas etapas de produção. 

Também é uma prática que investe na geração de empregos na comunidade local, para evitar grandes fluxos de pessoas e transportes.

Além disso, a logística sustentável também se preocupa com o consumo consciente de energia no local de trabalho.

Além de dar uma atenção especial para o descarte de materiais comuns, evitando desperdícios.

Como criar uma logística sustentável

Para aplicar a logística sustentável para o seu negócio, é importante entender a necessidade do sistema de roteirização.

Esse sistema integra as práticas logísticas de uma empresa de modo tornar todo o fluxo mais otimizado, eficiente e com menos custos para o empresário. 

Isso traz incontáveis benefícios para o negócio e para o consumidor final.

Assim, a aplicação de sistema de roteirização se torna o primeiro passo para que seja aplicada uma efetiva gestão sustentável.

Se a roteirização traz resultados positivos, a logística sustentável já possui uma base para que seja bem estruturada.

Leia também: 13 cursos gratuitos na área de engenharia, arquitetura e meio ambiente.

Dicas para criar um plano de logística sustentável

Algumas práticas iniciais são os pontos iniciais para dar o start necessário que compõe o sistema de uma logística responsável com o meio ambiente.

A otimização de rotas é um deles. Além de contribuir com a redução de combustíveis, também ajuda com a diminuição de custos para a empresa.

A manutenção dos veículos feita em dia também é um fator importante para esse processo. 

Essa prática evita que os transportes tenham um desempenho ruim e diminui a emissão de poluentes em consertos desnecessários ou que demandem muito material. 

A modernização da frota também contribui muito nesse quesito.

Gerir os estoques com responsabilidade e otimização é outro ponto essencial para uma efetiva logística empresarial sustentável. 

Além de atuar na redução de plásticos e embalagens (os grandes inimigos do meio ambiente), abre espaço para a discussão da adoção dos materiais biodegradáveis.

Como a logística pode contribuir com a sustentabilidade

Cerca de 14,4% das emissões de gases de efeito estufa são advindas dos processos de logística. 

Isso é resultado da queima de combustíveis fósseis, essenciais nessa cadeia de produção.

Com números tão significativos e que impactam em grande escala o meio ambiente, repensar esse índice faz com que o trabalho da logística reverta um cenário.

Que é prejudicial para poder contar com ações mais brandas.

Além disso, sabemos que, atualmente, lidamos com um público consumidor que se preocupa cada vez mais com a sustentabilidade. 

Dar a devida atenção para esse rótulo não só contribui com a natureza, mas também com a imagem da empresa em si.

Como criar hábitos empresariais sustentáveis

A prática sustentável no ambiente de trabalho não precisa ser complicada. 

Hábitos simples podem contribuir imensamente para essa mudança efetiva.

Eliminar o uso de copos descartáveis, por exemplo, é fácil de colocar em prática. 

Incentivar o uso de garrafas térmicas, canudos ecológicos e utensílios reutilizáveis por parte dos funcionários já gera um impacto positivo.

E visível logo nos primeiros meses de implementação.

Investir em treinamentos de conscientização ambiental para os colaboradores também é essencial. 

Com instruções efetivas, aliadas à prática, os hábitos responsáveis são ainda mais fáceis de implementar.

E o colaborador vai até levar esse costume para a sua casa e sua família.

Conclusão

Mais do que nunca, a sustentabilidade deve estar presente nas empresas e demais ambientes corporativos. 

Com cada um fazendo a sua parte, uma grande reação em cadeia dá início e nos ajuda a preservar o meio ambiente, trazendo resultados positivos no futuro.

Gostou do artigo? Leia mais no blog Gestor de Obras e fique por dentro dos principais assuntos da Construção Civil e da Engenharia.

Comentários

comentários

Paula Moraes
Paula Moraes
Redatora Freelancer